Carol por Carol | Luciana Fonseca

'Arte' a oito patas

Uma vantagem de não ser filho único: ninguém sabe de quem foi a ‘ARTE’! Eu mesma, Carol Thur, nunca tive a oportunidade de jogar ‘pingue-pongue’ com a culpa na hora de aprontar. O único canino da casa, ops, do apartamento, era eu.

Logo, o sofá desfiado por poderosas unhas de Yorkie que queria dormir...era responsabilidade advinhem de quem?

- “CAROL!”

Pois é, Hannah e Maisa estão mudando as regras do jogo. Eu sempre fiz carinha de anjo desentendido e escapei, ganhando muito carinho. Bem, em 10% das vezes, havia um olhar carrancudo; nada de mais. Só que a técnica Hannah-Maisa é insuperável: a da ‘cara de paisagem’!

-“Quem foi que picou minha revista nova?”

Uma brinca com o ‘Pato da Liberdade’ de pelúcia. A outra penteia as patas.

-“Hannah, foi você?” – insiste mami – “Maisa, quem fez esta arte?”

Dois olhares rápidos e quatro orelhinhas se mexendo despreocupadamente.

Mais uma tentativa e mami desiste:

- “  ‘Quem-chegoooou’, não sei quem foi....Hannah ou Maisa, só tenho certeza disso...”

HAHAHA! Acontece a mesma coisa umas quatro vezes por semana. Ou DIA, dependendo do humor das minhas irmãs menores.

Então, caninos, felinos, UNI-VOS!

Super beijos,

Carol.